#14 João Pedro Marques – “Qual é o maior mito que se criou sobre a Escravatura?”



Neste episódio, estou à conversa com João Pedro Marques.

O convidado é historiador e romancista, e um dos maiores especialistas mundiais na História da Escravatura. O mote para a conversa foi o seu mais recente livro,  ‘Escravatura – Perguntas e Respostas’, um pequeno grande livro, incrivelmente rico em informação, e cuja leitura vale bem a pena, pois leva-nos a conhecer o que desconhecíamos e a rever posições pré-concebidas. O tema da Escravatura / Escravidão, de resto, e como explico no início, podendo parecer específico, acaba por ser uma ponte para uma série de tópicos que extravasam em muito esta questão. Se a isso juntarmos o enorme conhecimento do convidado sobre este assunto, fica explicado por que é que esta foi das conversas que mais gozo me deram gravar no podcast!

Ligações:

Biografia detalhada: João Pedro Marques nasceu em Lisboa, em 1949. Foi professor do ensino secundário e, depois, durante mais de duas décadas, investigador do Instituto de Investigação Científica Tropical e Presidente do Conselho Científico desse Instituto, em 2007-2008. Doutorado em História pela Universidade Nova de Lisboa, onde lecionou durante a década de 1990, é autor de dezenas de artigos sobre temas de história colonial, e de vários livros, dois dos quais publicados em Nova Iorque e Oxford (The Sounds of Silence, 2006; e, em coautoria, Who Abolished Slavery? A debate with João Pedro Marques, 2010). Em 2010 a Porto Editora publicou o seu primeiro romance, Os Dias da Febre, ao qual se seguiram, em 2012, Uma Fazenda em África (que, com várias edições, constituiu um dos grandes sucessos do ano), em 2014, O Estranho Caso de Sebastião Moncada, em 2015, Do Outro Lado do Mar, e, em 2017, Vento de Espanha.

Ligação ao Libsyn

Gostou deste episódio? Apoie o Quarenta e Cinco Graus no Patreon!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *